Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/wwwparoq/public_html/plugins/system/gcalendar/gcalendar.php on line 61
Paróquia de S. Martinho de Bougado - Trofa - Inscrição no Registo Paroquial

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/wwwparoq/public_html/templates/yoo_subway/html/config.php on line 13

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/wwwparoq/public_html/templates/yoo_subway/html/config.php on line 13

Inscrição no Registo Paroquial


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/wwwparoq/public_html/templates/yoo_subway/html/config.php on line 13

1. O Registo Paroquial é constituído por todos os paroquianos que têm com a paróquia uma relação de pertença efectiva e colaborante fazendo, por isso, parte da família paroquial e usufruindo de todos os direitos que esta situação lhe confere. São também colaboradores activos porque contribuem com a oferta anual (Congrua, Direitos) para economia paroquial.

2. Os direitos paroquiais ou congrua são pagos, por norma, entre Outubro e Dezembro no Cartório Paroquial (junto da Igreja Matriz) e entram num fundo comum do qual se retira o ordenado do Pároco, dos funcionários da paróquia e outras despesas.

3. A paróquia passa recibo de cada uma das contribuições.

4. O pagamento dos direitos paroquiais pode servir para efeitos de dedução no IRS. As pessoas que desejarem fazer essa dedução devem facultar o número de contribuinte.

5. Se não puderem deslocar-se ao cartório no horário proposto para inscrição/pagamento, podem utilizar este formulário de Registo Paroquial em formato PDF, preenchê-lo, colocá-lo num envelope e metê-lo na caixa de correio da paróquia juntamente com a importância. O recibo será enviado por correio.

6. Podem também enviar em cheque, por correio, a importância e o formulário para a morada do Cartório Paroquial. O recibo será enviado na volta do Correio.

7. Está estipulado que cada família pague o equivalente a um dia de trabalho.

8. Esta é uma obrigação paroquial pois a sustentação da paróquia não é só tarefa de alguns e depende desta colaboração.

9. Se alguém tiver dificuldades económicas deve contactar o pároco ou o secretário da paróquia para se considerar a situação, mas a família em questão, mesmo não pagando, não deve deixar de se inscrever

10. Para se requerer algum serviço paroquial devem as pessoas estar inscritas neste registo.